Geofísica Aplicada a Barragens e Pilhas

Geofísica no monitoramento e investigação geotécnica; Sismologia, Sismografia de Engenharia, Microssísmica, metodologias geofísicas, monitoramento geotécnico de barragens, cavas, pilhas e investigação do fenômeno da Drenagem Ácida de Mina (DAM).

Detalhes do curso

Devido às recentes rupturas de barragens de rejeito de mineração, as quais alertaram para a necessidade de novas tecnologias complementares ao monitoramento geotécnico convencional, a Geofísica vem ganhando destaque em projetos complexos envolvendo barragens, cavas e pilhas de estéril e rejeito.

O curso de Monitoramento e Investigação Geofísica Aplicada Barragens e Pilhas parte dos conceitos fundamentais para a compreensão da Geofísica e de suas diferentes metodologias que estão disponíveis no mercado. O intuito é desenvolver em profissionais de diferentes áreas do conhecimento a capacidade de compreender as diversas potencialidades do uso da geofísica e sua aplicação prática nas estruturas, identificando a metodologia, técnica e principais ferramentas disponíveis no mercado.

Serão abordados temas como Sismologia, Sismografia de Engenharia, Microssísmica e suas aplicações no contexto do ambiente minerário, diferentes metodologias geofísicas utilizadas na investigação e monitoramento geotécnico de barragens de diferentes portes, cavas, pilhas, além da investigação do fenômeno da Drenagem Ácida de Mina (DAM) através de métodos não invasivos.

O curso contará ainda com atividades práticas, nas quais os alunos terão a possibilidade de trabalhar com dados brutos coletados em campo e desenvolver modelos 2D e 3D de resistividade elétrica utilizando o software de código aberto ResIPy.  

Neste curso você irá desenvolver

  • Formação de equipes interdisciplinares que atuem em sintonia técnica em projetos interdisciplinares envolvendo geotecnologias aplicadas a Geotecnia e ao meio ambiente;

  • Profissionais da área de gestão terão conhecimento das possibilidades de atuação da Geofísica em diferentes fases da mineração, indicando a utilização correta de diferentes métodos geofísicos de acordo com às necessidades dos projetos e de seus clientes.

Quem deve fazer o curso

  1.  Profissionais da Geologia, Engenharia de Minas, Engenharia Ambiental, Engenharia de Minas, Engenharia Ambiental e Engenharia Geotécnica;

  2. Profissionais da Geofísica que desejam conhecer as diferentes aplicabilidades do monitoramento e investigação geofísica em barragens e pilhas, buscando aprimoramento para inserção nesse mercado de trabalho;

  3. Gestores e Administradores de empresas do Setor Minerário;

  4. Estudantes de Geologia, Geofísica, Engenharia de Minas, Engenharia Ambiental e Engenharia Civil.

 

Metodologia

Este é um curso totalmente online com duração de 6 semanas, sendo 16 horas-aula telepresenciais ao vivo no programa de treinamentos online IM Expert + atividades práticas de exercícios e lives com os professores e materiais de suporte.

As aulas telepresenciais terão duração de 4 horas cada e serão ministradas as nos dias 20,21,26 e 27 de Julho de 18:00 as 22:00.

Após as aulas ao vivo, o aluno tem mais 30 dias de mentoria com os professores através da plataforma de ensino do IM.

Esta é uma metodologia de treinamentos online exclusiva do Instituto Minere. Aqui, as aulas são transmitidas ao vivo dos estúdios IM que são montados com a melhor tecnologia em equipamentos e espaço para que os professores ministrem o conteúdo como se estivessem em sala de aula e que os alunos recebam uma ótima imagem e ainda interajam tirando dúvidas e compartilhando experiências. 

4 Fases do Treinamento

1 – Plataforma de Ensino: O aluno recebe acesso à Plataforma de Ensino antecipadamente onde encontrará os materiais das aulas e complementares, como vídeos, artigos e e-books. O objetivo é nivelar o conhecimento dos alunos e melhorar o aproveitamento da aula ao vivo. 

2 – Transmissões ao vivo: O aluno assistirá à aula online com os professores e poderá tirar suas dúvidas ao vivo. Para acessar a plataforma, é necessário possuir uma conta no Gmail, caso não possua, crie uma clicando aqui. Enviaremos o acesso a aula ao vivo, minutos antes dela iniciar em nosso grupo social com o aluno e também via e-mail.

3 – Mais 30 dias de acesso: As aulas são gravadas e os vídeos são editados e postados na plataforma de ensino para que os alunos continuem seus estudos com até 30 dias de acesso ao conteúdo com assistência dos professores. 

4 – Emissão do Certificado: Para a retirada do certificado de conclusão do treinamento, o aluno deve ser aprovado nos testes disponibilizados na própria plataforma ao final de cada um dos três módulos do curso. Ao serem finalizados, o documento é gerado automaticamente com a aprovação.   

 

Conteúdo Programático

  1. O que é Geofísica?

  2. Etapas de uma metodologia geofísica;

  3. Limitações e ambiguidades;

  4. Integração de dados geofísicos, geológicos e geotécnicos;

  5. Conceitos básicos da Geofísica;

  6. Geotecnia de Barragens e Pilhas;

  7. Contextualização das aplicações da geofísica no planejamento, construção e viabilidade das estruturas geotécnicas, durante a vida útil e no gerenciamento de riscos sísmicos e ambientais de barragens e pilhas de rejeito e estéril.

 

  1. Conceitos de Sismologia;

  2. Eventos sísmicos naturais, o contexto da sismicidade no território brasileiro e eventos sísmicos em ambiente de mina

  3. Análise probabilística do perigo sísmica (ameaça sísmica);

  4. Sismografia de engenharia e a caracterização de fontes sísmicas;

  5. Microssísmica: Abordagem sismológica e interferometria sísmica do ruído ambiente;

  6. Discussão de estudos de caso

 

  1. Métodos geofísicos abordados: Eletrorresistividade, Potencial Espontâneo; Sísmica de Refração, Análise Multicanal de Ondas Superficiais (MASW) e Ground Penetration Radar (GPR);

  2. Integração de dados geofísicos e dados geológico-geotécnicos:

  1. Módulos elásticos dinâmicos;

  2. Correlações entre a velocidade da onda de cisalhamento e resistividade elétrica com número de golpes (NSPT);

  1. O fenômeno da Drenagem Ácida de Mina (DAM) 

  1. Métodos geofísicos para mapeamento e identificação de plumas de contaminação. 

  1. Discussão e estudos de caso.

  2. Exercício prático com o software open source ResIPy: Elaboração de modelo 2D e 3D de Eletrorresistividade.

 

Professor

Engenheiro de Minas (UFMG) mestre em Engenharia Civil e Gerenciamento pela universidade de Glasgow na Escócia, com especialização em Geotecnia e Gerenciamento de Projetos. Possui experiência em desenvolvimento de projetos de barragens de rejeitos, pilhas de estéril e de taludes. Desenvolveu avaliações de situação de estruturas geotécnicas, avaliação de piping e liquefação. Implementação de sistemas de instrumentação e monitoramento e aplicação de metodologias alternativas para avaliação de estruturas críticas. 

Bacharela em Geofísica e Mestra em Engenharia Civil pela Universidade Federal da Bahia. Possui linha de pesquisa voltada para aplicação de métodos geofísicos e a sua correlação com ensaios geotécnicos como solução integrada e ferramenta auxiliar para Engenharia Civil.  Atualmente trabalha na empresa Tetra Tech América do Sul, como membro da equipe de geofísica aplicada da Tetra Tech, onde participa de projetos envolvendo sismologia de engenharia, microssísmica e investigação geofísica

Bacharel em Geofísica (IAG-USP) e Mestre em Ciências pelo programa de Recursos Minerais do Instituto de Geociências da Universidade de São Paulo (IGc-USP). Atuou em linhas de pesquisa do método de magnetometria terrestre, marinha e por drone, com aplicações na exploração mineral. Foi estagiário do IPT, trabalhando com sismicidade induzida e monitoramento de vibrações em obras civis e Sismólogo Júnior do Centro de Sismologia da USP, realizando o monitoramento sismográfico da região de Quadrilátero Ferrífero (MG) e Carajás (PA). Atualmente trabalha na empresa Tetra Tech América do Sul, dando suporte a equipe de geofísica aplicada. Tem interesse nas áreas de sismologia, métodos potenciais e geofísica aerotransportada por veículos aéreos não tripulados.



Possui graduação em Geologia pela UNESP e especialização em Investigação do subsolo, geotecnia e meio ambiente no Instituto de Pesquisas Tecnológicas do Estado de São Paulo (IPT). Desde 2018 atua como pesquisador visitante no IPT, participando de projetos voltados para utilização de métodos geofísicos nas áreas da engenharia, geotecnia e meio ambiente, com foco principal em barragens e áreas contaminadas. Atualmente é doutorando em Geociências e Meio Ambiente na UNESP, com projeto focado para o estudo de sistema fraturado sob barragens, pilhas de rejeito e taludes em cavas de mineração por meio da integração de diferentes métodos geofísicos e análise estrutural.



Possui graduação em Geofísica e é Mestre em Geociência Aplicadas com ênfase em Geofísica pela UnB. Atualmente trabalha na Tetra Tech América do Sul, como membro da equipe de geofísica aplicada em projetos envolvendo análise de vibrações em ambiente minerário, com foco em sismologia, especialmente, microssísmica. Também possui experiência com processamento de dados de sísmica de reflexão e GPR.



Bacharel em Geofísica (IAG-USP) e Mestrando em Ciências pelo programa de Geofísica (IAG-USP) com ênfase em sismologia. Durante a graduação, fez intercâmbio nos EUA, onde estudou na State University of New York e, posteriormente, foi estagiário no grupo de sismologia da Harvard University, atuando com o desenvolvimento e a utilização de software para digitalização de sismogramas analógicos do Observatório Harvard. Trabalhou com o estudo e monitoramento das sismicidades locais e regionais associadas a usinas hidrelétricas e nucleares de grande porte. Atualmente, faz parte da equipe de Geofísica Aplicada na Tetra Tech América do Sul, trabalhando com sismografia de engenharia e microssísmica, além do desenvolvimento e aperfeiçoamento de softwares utilizados nos processamentos e análises de dados da equipe.

  • Disciplina: Metodologias Construtivas de Barragens - 40h/Aula
  • Possui Graduação em Geologia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2007), MBA em gestão de projetos pela USP (2016), Mestrado em Geologia de Engenharia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2011), Mestrado em Geotecnia pela Universidade Estadual do Rio de Janeiro (2015) e Doutorado em Geologia de Engenharia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2017). Geólogo com 12 anos de experiência em planejamento de obras de arte de engenharia civil, como barragens, túneis, etc., inclusive a nível internacional, com elaboração de projetos básicos, executivos e supervisão dos mesmos, estudos ambientais (EIA/RIMA). Atualmente é Pesquisador e Consultor nas áreas de Geologia de Engenharia e Geotecnia, com ênfase em mecânica das rochas, mecânica dos solos, barragens, taludes e meio ambiente, além de investigações de campo, sondagens especiais, instrumentação geotécnica e ensaios de laboratórios. Docente e desenvolvedor de conteúdos didáticos para graduação e pós-graduação. É revisor ad hoc de periódicos e membro de comissões técnicas e Membro do Corpo Editorial dos Periódicos: Nanoscience and Nanotechonology, Journal of Autonomous Intelligence e Characterization and Application of Nanomaterials, International Engineering Journal (REM) e da Revista Fundações e Obras Geotécnicas, sendo ainda coordenador da seção Geotecnia Ambiental.
  • Link para currículo Lattes - http://lattes.cnpq.br/1863804528986291
  • * O Instituto Minere não é responsável por quaisquer divergências nas informações enviadas pelos professores.

Investimento

1º Lote (Até 10/07/2021)

R$ 1240,00

a vista no boleto ou em até 10x de R$ 136,00

2º Lote (Até 20/07/2021)

R$ 1365,00

a vista no boleto ou em até 10x de R$ 150,00

Com a palavra, nossos clientes

Instituto Minere vem se destacando como importante formador de mão-de-obra especializada em mineração, preenchendo uma lacuna deixada pelas universidades na formação técnica tão preciosa às mineradoras.

Mario Trota

Geólogo Consultor em Exploração Mineral

As mídias do IM compartilham conteúdos muito interessantes e que agregam alto valor ao nosso conhecimento. A política de desconto a ex-alunos e a acessibilidade aos responsáveis complementam os benefícios. Parabéns!

Diego de Arvelos Nicolau

Engenheiro Geólogo - KINROSS

O IM nos concede uma ótima oportunidade de estarmos atualizados e sermos profissionais cada vez mais preparados para enfrentar os desafios do mundo moderno. Parabéns ao IM por trabalhar em prol do desenvolvimento da atividade mineradora!

Leonardo Souza

Consultor - CLGeo Soluções em Geologia e Mineração

© Instituto Minere

by nerit