Curso Monitoramento e Inspeção de Barragens

Uma perspectiva geotécnica sobre o uso de tecnologias de ponta para um melhor desempenho nas atividades de inspeção, monitoramento e estabilidade de estruturas geotécnicas.

Detalhes do curso

O gerenciamento de risco adequado das estruturas geotécnicas torna-se crítico à medida em que seu tamanho e sua complexidade aumentam, juntamente com a crescente demanda global no desenvolvimento seguro e sustentável de cada projeto. A frequência considerável de acidentes geotécnicos tem levado empresas e governos a buscar por novos métodos inteligentes de monitoramento, aliado ao uso de novas tecnologias disruptivas.

Com o aumento do número de acidentes e a escassez de engenheiros geotécnicos tecnicamente qualificados, o desenvolvimento de sistemas para monitoramento da estabilidade de estruturas geotécnicas é um enorme desafio. Uma problemática no caso da maioria dos sensores reside no fato da inexistência na literatura técnica de uma forma analítica determinística ou probabilística de se calcular seus limites aceitáveis máximos de deslocamento, poropressão etc., que não incorram em instabilidade da estrutura ou em parte dela.

Metodologia

As aulas serão expositivas, com a apresentação objetiva dos temas especificados no conteúdo programático. O material didático é organizado de forma sistêmica, percorrendo passo a passo todo o conteúdo. O formato do curso inclui instruções de especialista da área de mineração, aprendizado interativo, demonstrações, estudos de caso e debates entre os participantes sobre os assuntos abordados.

Desenvolva

Curso proposto a fornecer uma visão abrangente da instrumentação e monitoramento geotécnico, desde princípios fundamentais até aplicações de última geração nas diversas áreas como mineração, engenharia civil etc. Prover um entendimento em tipos e aplicações de instrumentação e monitoramento atuais e emergentes, sistemas de coleta, gerenciamento de dados e gestão do planejamento.

Benefícios

Este curso propõe uma perspectiva geotécnica sobre o uso de tecnologias de ponta para um melhor desempenho nas atividades de inspeção e monitoramento, e descreve os avanços em tecnologias que podem ser aplicados em um monitoramento seguro e eficaz da estabilidade de estruturas geotécnicas.

Usar a tecnologia de forma integrada, sobretudo, com a compreensão geotécnica do engenheiro responsável pelas estruturas geotécnicas, que possui a capacidade de, preventivamente, identificar e responder apropriadamente à processos de instabilidade.

Público Alvo

Este curso destina-se a engenheiros civis, geotécnicos, geólogos, engenheiros de minas, técnicos em geologia e mineração, gestores de projetos de mineração, consultores e todos os envolvidos na concepção, planejamento, gestão e análise da informação de sistemas de instrumentação e monitoramento, para uma ampla gama de aplicações.

Conteúdo Programático

  • Objetivos da geotecnia;
  •  Problemas e desafios;
  •  O que é talude;
  •  Fator de Segurança;
  •  Fatores que causam instabilidade;
  •  Modos de falha (em barragens e minas a céu aberto);
  •  Condição de água;
  •  O estado da arte de monitoramento de taludes com o uso de novas tecnologias;
  •  Objetivo do monitoramento;
  •  Por que monitorar?
  •  Por que monitoramento automático?
  •  Plano de monitoramento;
  •  Radar de Estabilidade de Talude;
  •  Estação Total Robotizada;
  •  GNSS - Global Navigation Satellite System;
  •  Piezômetros e Medidores de Nível d’Água; 
  •  Inclinômetros;
  •  Time Domain Reflectometry (TDR);
  •  Fibra Óptica;
  •  Microssísmica;
  •  Laser Scanner;
  •  Monitoramento por satélite – InSAR;
  •  Inspeção visual e Registro das Ocorrências;
  •  Inspeções Realizadas com Drone;
  •  Comparativo – métodos de monitoramento

Professores

Engenheiro de Minas (UFMG) mestre em Engenharia Civil e Gerenciamento pela universidade de Glasgow na Escócia, com especialização em Geotecnia e Gerenciamento de Projetos. Possui experiência em desenvolvimento de projetos de barragens de rejeitos, pilhas de estéril e de taludes. Desenvolveu avaliações de situação de estruturas geotécnicas, avaliação de piping e liquefação. Implementação de sistemas de instrumentação e monitoramento e aplicação de metodologias alternativas para avaliação de estruturas críticas. 

Graduado em Engenharia de Minas pela UFMG (1998), com mestrado em Engenharia Mineral pela UFOP (2013). Atua como Group Business Development da GroundProbe desde 2013. Anteriormente, atuou como Engenheiro de Planejamento de Longo Prazo pela Vale (2010-2013), e Gerente da Maptek Brasil (1998 a 2010).

Engenheiro Mecânico com especializações em gestão e estratégias de empresas pela UNICAMP e executivo global pela FGV. Sócio fundador da Mydas Business Intelligence, representante no Brasil da DMT GbmH CO KG, empresa alemã de consultoria, engenharia e soluções de IoT na mineração e construção civil. Atuou como Global Account Executive em empresas como Schneider Electric e ABB. Larga experiência em projetos internacionais, multidisciplinares, inteligência de mercado e planejamento estratégico. Desenvolveu áreas de negócios e participou no estudo e avalição de tecnologias em diversos projetos na área de mineração, óleo & gás e energia. Realizou projetos em Singapura, Malásia, China, Estados Unidos, Suécia, Finlândia, Italia e Alemanha.

Geólogo com graduação e mestrado pela universidade de São Paulo, com principais áreas de pesquisa geologia estrutural aplicada, geoestatistica, SIG e geotecnia. É pesquisador da IntellTech Tecnologias Inteligentes desde 2017.

Graduada em geologia pela UFRJ e integrante do Centro de Pesquisa de Geofísica Aplicada (CPGA/UFRJ). Atua no setor de geofísica da Tetra Tech Inc., com foco em microssísmica para monitoramento de estruturas geotécnicas e naturais. Também possui experiência em processamento e interpretação de dados geofísicos por métodos terrestres convencionais (elétricos, eletromagnéticos e sísmicos).

Atuando na área de mineração desde 2013, passando pelas áreas de Planejamento de Lavra e Geotecnia. No Planejamento de Lavra atuação em licenciamento de novas áreas, planos de curto, médio, longo prazo e no controle de qualidade do ROM com interfaces direta com operação e manutenção de mina, utilizando metodologia Green Belt Six Sigma. Experiência em tecnologias de monitoramento de estruturas geotécnicas (barragens e cavas) trabalhando com as principais tecnologias de ponta do mercado. Atuação também com investigações geofísicas em grandes e pequenas barragens do Brasil.

Mestre pelo programa de Pós-Graduação em Engenharia Elétrica e Computação da Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste), com foco em inteligência computacional, tendo como áreas de interesse: Artificial Neural Networks, Machine Learning, Forecasting e Big Data Analytics. Desde 2016 atua como analista de dados e pesquisador na empresa Intelltech Tecnologias Inteligentes, desenvolvendo métodos inovadores para mineração e análise de dados.

Consultor e Líder Técnico em Geotecnologias Aplicadas, graduação em geologia e mestrado em Engenharia Ambiental e Urbana, com ênfase em geotecnia, com experiência em vários projetos de geotecnologias e geotecnia de mina, doutorando em Geologia, na linha de pesquisa de geofísica aplicada, desenvolvendo trabalho sobre monitoramento microssísmico de barragem de rejeito e cava de mina.

Cofundador da LeapMind Tecnologia e Ciência Aplicada, Líder Técnico de Geotecnologias da Tetra Tech Brasil e membro do Centro de Pesquisa em Geofísica Aplicada - CPGA, venho atuando principalmente em projetos de geofísica aplicada e monitoramento microssísmico de estruturas geotécnicas e desenvolvimento de soluções baseadas em sistemas de informações geográficas para recursos naturais.
 

Engenheiro Civil – EESC / USP (1973), Especialista em Geotecnia – EP / USP (1976), Professor do Departamento de Geotecnia da Faculdade de Engenharia / UFU (1987 a 1991). Experiência de 46 anos em consultoria, projetos e acompanhamento técnico de obras no Brasil e no exterior, com ênfase àquelas relacionadas com barragens de terra e serviços de engenharia geotécnica em geral. Responsável pelo projeto da Barragem de Rejeitos Santo Antônio, de propriedade da Kinross Brasil Mineração. Localizada no município de Paracatu / MG, essa barragem pode ser considerada a maior do Brasil em termos de volumes de aterro compactado e rejeito armazenado.

Engenheiro de Minas formado pela Universidade Federal de Minas Gerais em 2011. Atividade atual como especialista no monitoramento de taludes e barragens, levantamentos topográficos, perfuração e desmonte na Maptek Brasil, usando os softwares Vulcan, PointStudio, Sentry e Blastlogic. Experiências anteriores: operação de mina e planejamento curto prazo nas empresas Votorantim Cimentos SA e Mtransminas Minerações Ltda.

Investimento

1º Lote - Finaliza dia 11/09/2019

R$ 1.790,00

a vista no boleto ou em até 10x de R$ 195,00

2º Lote - Finaliza dia 18/09/2019

R$ 2.100,00

a vista no boleto ou em até 10x de R$ 225,00

Com a palavra, nossos clientes

Instituto Minere vem se destacando como importante formador de mão-de-obra especializada em mineração, preenchendo uma lacuna deixada pelas universidades na formação técnica tão preciosa às mineradoras.

Mario Trota

Geólogo Consultor em Exploração Mineral

As mídias do IM compartilham conteúdos muito interessantes e que agregam alto valor ao nosso conhecimento. A política de desconto a ex-alunos e a acessibilidade aos responsáveis complementam os benefícios. Parabéns!

Diego de Arvelos Nicolau

Engenheiro Geólogo - KINROSS

Excelentes conteúdos e ótimas dicas para nós profissionais...

Natalia Moura

CEFET SF

O IM nos concede uma ótima oportunidade de estarmos atualizados e sermos profissionais cada vez mais preparados para enfrentar os desafios do mundo moderno. Parabéns ao IM por trabalhar em prol do desenvolvimento da atividade mineradora!

Leonardo Souza

Consultor - CLGeo Soluções em Geologia e Mineração

© Instituto Minere

by nerit