Curso Mapeamento aéreo por drone na Mineração

Construção de dados cartográficos e topográficos de precisão, através de técnicas de aerolevantamento feito por drone.

Detalhes do curso

Iremos abordar técnicas de mapeamento na mineração e de coleta de pontos de controle para obter um mapeamento preciso, além de técnicas de construção de dados cartográficos e topográficos, a partir de dados gerados pelo drone. Vamos captar informações suficientes para podermos processar os dados aerofotogramétricos, obtendo assim um conhecimento completo de todos os procedimentos necessários para o uso do drone na mineração.

O drone por si só é uma ferramenta de coleta de dados aéreos, que através do grande aparato tecnológico embarcado, facilita a coleta destes dados  permitindo gerar informações precisas e de qualidade com custos mais acessíveis à grande maioria do usuários. Este curso traz de forma atualizada o uso desta tecnologia, abordando conceitos de cartografia e topografia, informações essenciais nos dias de hoje. Levando assim estes conceitos, na prática do uso do drone e na geração de informações de qualidade, permitindo com que o aluno tenha o conhecimento desta técnica e possa assim, ser usada nas empresas. Um dos maiores problemas hoje, é a falta de conhecimento no uso correto do drone na geração de dados cartográficos e topográficos, dados estes, essenciais em uma mineração, para geração de cálculos de volume, curvas de nível, geração do modelo digital de terreno. Além de construir base de monitoração que permite acompanhar o desenvolvimento da lavra. 

Acompanhar a tecnologia hoje é essencial para destacar no mercado de trabalho, assim como manter a equipe sempre atualizada. O drone é uma ferramenta poderosa quando se sabe usá-la. Tanto o profissional, quanto a empresa tendo este conhecimento, permite eliminar custos desnecessários, ganhar tempo na execução dos trabalhos e estar em dia com informações relevantes em uma mineração.

Metodologia

O curso será executado através de teoria ministrada nas dependências do IM e a prática envolverá a utilização dos softwares e voo com o drone em local externo e também nas dependências do IM.

Prática no IM: QGIS, Global mapper e Agisoft Photoscan

Prática em campo: Map pilot - groundstaion, Pix4d - Pré processamento, Receptor RTK - pontos de controle.

Benefícios

Vantagens para as empresas investirem nesse curso?

● O treinamento irá capacitar os seus funcionários para poder voar de forma segura, obtendo dados de alta precisão.
● Permitirá baixar custos.
● Permitirá ganhar tempo de execução no levantamento dos dados topográficos.
● Permitirá estimar volumes de estéreis de forma mais rápida.
● Tendo especialista nesta área, poderão aumentar a base de dados aéreos e de análises sobre a mina.
● Poderá construir uma base de monitoramento da mina.
● Poderá usar a base de dados construída para tomar decisões estratégicas na empresa.
● O conhecimento adquirido a equipe poderá tomar decisões mais completas e mais embasadas, no ponto de vista técnico e gerencial.

Quais as vantagens para a carreira do profissional?

● Capacitação em ferramentas tecnológicas de ponta.
● Aprendizado teórico e prático no uso do drone na mineração.
● Ganho no tempo de execução, podendo distribuir em outras tarefas.
● Aprenderá a usar o receptor DGPS-RTK na prática
● Aprenderá a usar o drone, tanto para voo aéreo livre, quanto voo autônomo voltado para mapeamento aéreo.
● Aprenderá a construir base de dados voltados a mapeamento aéreo e com isso usar em qualquer outro projeto.

Público Alvo

O drone sendo uma ferramenta de captura multidisciplinar, permite que este treinamento vá além da área da mineração, pois vários processos são idênticos para as diversas áreas do conhecimento.
Sendo assim, o público alvo permite ser um pouco mais abrangente do que somente voltado a mineração.
Geólogos, engenheiros de minas, geógrafos, topógrafos, técnicos de mineração, tecnólogos, engenheiros civis, estudantes de diversas áreas e entusiastas.
É importante que o aluno tenha conhecimento básico de inglês para acompanhar os softwares, e conhecimento de geoprocessamento e cartografia, mas não é essencial. O Treinamento lidará com esta defasagem, caso ocorra.

Conteúdo Programático

  • • ANAC - Agência Nacional de Aviação civil - Legislação referente a regularização dos drones no Brasil.
      - Cadastrando o drone na ANAC
      - Cadastrando o piloto na ANAC
  • • DECEA - Departamento de controle do espaço aéreo - Legislação referente ao acesso do drone ao espaço aéreo.
      - Como solicitar um voo ao DECEA, caso seja necessário.
  • • ANATEL - Agência Nacional de Telecomunicação - Legislação referente aos processos de homologação dos drones.
      - Quais drones devem ser homologados.
      - Como solicitar uma homologação na Anatel, caso seja necessário.
  • • Multirrotor
      - Vantagens e desvantagens do uso do multirrotor na mineração
  • • Asa Fixa
      - Vantagens de desvantagens do uso da asa fixa na mineração
  • • Híbridos
      - Vantagens e desvantagens do uso de um drone híbrido na mineração
  • • Técnicas de como voar de forma segura e com menos bateria.
      - Voando conforme a lei vigente
      - Meteorologia
      - Fatores de risco
     - Fatores limitantes dos equipamentos
  • • Componentes de um drone
      - Frame
      - Gimbal
      - Tipos de controle remoto
      - Groundstation
      - Interface interna de um drone
      - Configurando os softwares e firmware
  • • Funcionamento básico
      - Modo Básico de voo
        ● Manual
        ● Sport
        ● GPS
      - Cuidados específicos com o drone na mineração
      - Checklist pré voo
      - Configurações necessárias
        ● Bússola
        ● Gimbal
        ● Sensores
        ● Firmware
      - Telemetria
  • • Entendendo os comandos do drone e controle
  • • Telemetria
  • • Configurações pré voo
  • • Voo prático
  • • Aplicações técnicas do uso do drone na mineração
      - Filmagens técnicas
      - Fotografias Técnicas
      - Mapeamentos
      - Modelos 3D, TIN
      - Monitoramentos e inspeções
      - Mosaicos georreferenciados
      - Topografia
  • • Tipos de câmeras embarcados em um drone
      - RGB
      - Multiespectral
      - Termal
      - Laser Scanning
      - Magnetômetro.
  • • Conceitos voltados à mineração
      - Cartografia
      - Topografia
      - Aerofotogrametria
      - Pontos de controle
      - Geoprocessamento.
      - Produtos Gerados
  • • Que tipo de produtos podemos gerar com o uso do drone na mineração.
      - Mosaicos ortorretificados de altíssima resolução espacial
      - Mosaicos georreferenciados
      - Modelos digitais dos terrenos e de superfície (MDT e MDE)
      - Modelos em 3D - TIN (Triangular Irregular Network)
      - Curvas de nível
      - Mapa de declividade do terreno
      - Cálculos de volume de estéril
      - Inspeção de locais de difícil acesso
      - Monitoramento de cava
  • • Como planejar um voo autônomo
      - Entendendo o groundstation
      - Aplicando as técnicas aprendidas no planejamento do voo
      - Planejando voos lineares e por área online (no escritório, casa, etc)
  • • Autônomo - Voo prático usando o plano de voo
      - Inserção de pontos de controle
      - Coleta das coordenadas através de receptor rtk
      - Planejando voo offline, sem internet, in situ
      - Uploading (carregando) plano de voo para o drone
      - Cuidados e práticas com o voo autônomo
      - Coleta de dados fotogramétricos
  • • Processamento dos dados coletados no voo prático
      - Pré-processamento - Como fazer e paraque fazer o pré-processamento - prática com software no campo (opcional)
      - Processamento - O que é e como fazer o processamento - prática com software
      - Pós-processamento - Ajustes de base de dados processados - prática com software
  • • Entrega dos resultados do processamento e do material ao aluno, com certificado.

Professores

Sócio proprietário da AeroGIS - drones e soluções em geoprocessamento, Geógrafo, especialista em geoprocessamento, piloto de drone classe 3. Possui mais de 10 anos de experiência em geoprocessamento, tendo passado por empresas de grande porte como analista de geoprocessamento na CEMIG, gerente de geoprocessamento na prefeitura de Belo Horizonte, analista de geoprocessamento no Centro de Sensoriamento Remoto da UFMG, com vasta experiência em mapeamento aéreo por drone pela AeroGIS, além de ter sido instrutor de Arcgis, Mapinfo, Spring, Microstation, introdução à cartografia e geoprocessamento e mapeamento por drones, tanto presencial, quanto à distância.

Investimento

1º Lote - Finaliza dia 15/07/2019

R$ 1.790,00

a vista no boleto ou em até 10x de R$ 195,00

2º Lote - Finaliza dia 23/07/2019

R$ 2.100,00

a vista no boleto ou em até 10x de R$ 225,00

Com a palavra, nossos clientes

Instituto Minere vem se destacando como importante formador de mão-de-obra especializada em mineração, preenchendo uma lacuna deixada pelas universidades na formação técnica tão preciosa às mineradoras.

Mario Trota

Geólogo Consultor em Exploração Mineral

As mídias do IM compartilham conteúdos muito interessantes e que agregam alto valor ao nosso conhecimento. A política de desconto a ex-alunos e a acessibilidade aos responsáveis complementam os benefícios. Parabéns!

Diego de Arvelos Nicolau

Engenheiro Geólogo - KINROSS

Excelentes conteúdos e ótimas dicas para nós profissionais...

Natalia Moura

CEFET SF

O IM nos concede uma ótima oportunidade de estarmos atualizados e sermos profissionais cada vez mais preparados para enfrentar os desafios do mundo moderno. Parabéns ao IM por trabalhar em prol do desenvolvimento da atividade mineradora!

Leonardo Souza

Consultor - CLGeo Soluções em Geologia e Mineração

© Instituto Minere

by nerit