Geólogo tem mercado abundante ao se especializar em águas

por Instituto Minere em 09/Jun/2020
Geólogo tem mercado abundante ao se especializar em águas

Especialistas em questões da Terra por excelência, os geólogos são mais uma das classes profissionais que encontraram nas profundezas das águas, literalmente, um mercado de trabalho promissor. Explica-se: a maior parte dos recursos hídricos do planeta estão, na verdade, no subsolo do planeta, o que faz da Geologia a ciência mais gabaritada para lidar com essa riqueza.

“O geólogo analisa onde e como iniciar a instalação de poços artesianos, por exemplo, levando em conta a quantidade de água disponível no local, fatores de contaminação do solo e da água no entorno”, explica José Elói Campos, professor da Universidade de Brasília (UnB).

“O Brasil já tem muitas cidades de médio porte dependendo diretamente de água subterrânea, como é o caso de Ribeirão Preto e Araraquara”, diz Campos, que ministra aulas de Hidrogeologia – ramo que, graças ao aumento da percepção da escassez de água no planeta, tem se tornado a menina dos olhos da Geologia.

“A Geologia é uma profissão de muito trabalho prático, de campo. E assim como tem muita gente que gosta disso, tem quem prefere trabalhar de maneira mais convencional, num escritório. A hidrogeologia permite isso”, diz Campos.

Como grande parte do trabalho do “hidrogeólogo” se relaciona ao planejamento e controle de qualidade, muitos desses profissionais são contratados por órgãos governamentais e agências reguladoras para desempenhar atividades de caráter político e administrativo.

“É sempre vantajoso para uma profissão poder abrigar pessoas com diferentes perfis e estilos”, diz o professor.

Bruno Aragaki

Fonte: Guia do Estudante


Instituto Minere

Somos uma escola especializada em desenvolvimento profissional e tecnológico. Aqui você vai poder aprender com quem é referência e com foco no uso prático das ferramentas de suporte à mineração, geologia, meio ambiente, geotecnia e barragens. Estamos aqui para mudar o panorama do ensino profissional no Brasil.

Deixe seu Comentário

Você também pode se interessar

© Instituto Minere

by nerit